quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Deixa eu acreditar vai...


Cada um acredita naquilo que bem quer, e eu de tempos em tempos acordo acreditando que eu um dia posso acordar linda, loira, magra e lisa. Assim com umbigo em formato de gota sabe?

Lóóóógico que eu tenho espelho em casa, pessoas, mas como sonhar é permitido, entao , deixa eu.

Aí eu me pego olhando aquelas calças tamanho: há muito tempo que nao me servem, e me imagino lá dentro. A Juliana já me avisou algumas vezes que eu deveria deixar isso pra lá, que essas calças sao muuuuito pequenas pra mim, mas como a esperança é a última que morre...

-Felipe eu estou de dieta há uma semana, você consegue perceber se eu já emagreci?

-Vira de costas mae.

-Que isso menino?

-Você emagrece na bunda, nao na barriga como as outras pessoas, deixa eu ver.


Você sabe que está tudo perdido quando te convidam pra uma festa e em vez de pensar na roupa que vai vestir ou na roupa que os outros vao vestir, você pensa no cardápio. Ah, sabem quantas vezes eu já fiz isso?
Provavelmente o mesmo número de vezes que eu comecei uma dieta e parei.

-Ah mae, deixa isso pra lá, você é tao fofinha assim...

Gente, mas eu nao quero ser fofinha, eu quero ser bonitona, será que ainda dá tempo?

Eu nao quero ser sexy, porque eu nao tenho mais pique pra ser sexy nessa altura da minha vida, só quero ser bonitona, dá?

Lógico que dá, é só parar de comer tudo aquilo que me dá prazer e orgasmos degustativos.

É só trocar os malditos chocolates Milka que a cada mudança de estaçao lançam uma novidade melhor que a outra, por saudáveis tomates. Vá dizer que nao te dá a maior vontade de comer tomates com sal num frio de -10ºC como este que tem feito aqui?

Aí eu passo pelas prateleiras do supermercado, fazendo de conta que a Lindt nao lançou maravilhosos chocolates para este inverno, e corro direto para a seçao de legumes pra escolher os melhores legumes para uma deliciosa, nutritiva e saudável sopa de legumes.

Eu tenho prova absoluta de que todos os produtos engordativos nas prateleiras dos supermercados, falam. E se nao falam assobiam. Mas as cenouras nao, elas ficam lá bem quietinhas, com os pimentoes e tomates, se por acaso você passar por ali e se servir deles tudo bem, senao tudo bem também, mas os iogurtes grossos com milhoes de sabores e os pudins com calda de chocolate, assobiam: -Psiuuuuuu, tô aqui, vai passar batido por mim?

Acho que o problema é que os legumes nao vem em embalagens super coloridas. As cenouras e as acelgas nao sao atrativas como a embalagem de um queijo camembert à milanesa, totalmente derretido e saído do forno.



Eu me sinto como um alcoólatra sabe? Conto os dias sem chocolate, fico pensando nas recaídas e me imaginando numa daquelas reunioes falando lá na frente pra um monte de gente coisas do tipo:

-Gente, hoje é o meu 129º dia sem chocolates, doces, massas e frituras e posso afirmar que a minha vida melhorou muito depois disso, é só darem o primeiro passo, vocês verao que vale a pena, hoje o meu umbigo tem formato de gota e nao é mais uma bolota funda, eu já posso até colocar biquíni de lacinho. Nao me incomodo mais com o buffet que será servido nas festas de casamento, aniversário e batizado, (até porque se me convidarem eu nem vou porque o que os olhos nao vem a barriga nao sente) e sim com a roupa que as pessoas vao vestir. Quem precisa de croissants de marzipan quando existem as bolachas de água e sal? O que é o fondue de chocolate diante do prazer de depilar as pernas no chuveiro sem bufar?


E eu lá na frente com um vestidinho desses de alcinha (que por motivos óbvios eu já nao uso há anos, pq eu tenho bom senso) com um desses certificados na mao, escrito: EU VENCI, assinado pela senhora minha consciência.

17 comentários:

Ciça Donner disse...

Oh Carla, cenoura, acelga, e afins falam sim... o problema é que a gente nao entende a lingua delas, sabe?

Lúcia Soares disse...

Ah, Carla! Seu desabafo é o de milhões de pessoas no mundo todo.Eu tb sofro contra a balança.Meu problema é não me exercitar. Engraçado que chocolate passa longe dos meus desejos! O mundo todo parece chocólatra e eu vou contra a maré...

Mary V. disse...

Hahahaha, I feel your pain!

Comecei um regime e agora eu sonho que estou andando na rua abraçada a um Lindt gigante.

Lucianna disse...

Oi Carla,

Eu te entendo muito bem, mas acho que pra mim ainda eh um pouco mais facil, ja que nao tenho filhos em casa e nao preciso compra aquelas coisas que eles gostam e consequentemente nos acabamos comendo tb.
Vc ja tentou tomas vitamina B12, fiz esse tratamento com uma clinica chamada Dr. Bernstain http://www.drbdiet.com/_home.jsp, e ajudou muito, nao sei se tem por ai, mas sei que a vitamina B12 vc pode encontrar em qualquer lugar.
Forca que vc consegue

ESTER disse...

Hoje, sem saber, vc fez uma mitzvah me escrevendo. Estava me sentindo só e me senti menos só ao receber seu e-mail.
E qual minha surpresa agora em ver que vc voltou ao escrever?
to SUPER feliz.
já morei antes no frio, e é um fato, sentimos mais fome no inverno, mais ansiedade com o clima e compensamos na comida.
Vc parece já ser uma pessoa linda, e pq náo pode ser uma pessoa mais linda ainda para vc mesma, se admirar no espelho, e náo ter que aturar sarcasmos dessas mulheres mal-amadas daqui, qdo for provar roupa. (já passei por isso antes...)
Fazer dieta, se privar de algo que nos dá prazer é um desafio, sim. substitua o prazer do chocolate por outras coisas. Tipo, pense nos elogios que ouvirá do seu marido e dos passageiros no chech-in!!!
Pense em roupas que quer usar, mas a ditadura dos estilistas gays náo deixa.
Muita forca e good vibes para uma mulher destemida!
veel sterk,
van Ester

Bia disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk adoro seus posts. Querida estou passando pelo mesmo problema que vc, esta muito difícil, eu tb não escuto os legumes me chamarem... rsssss
Beijos

simone disse...

Eu to na mesma situaçao que voce Carla, e faz anos. Mas nunca desistirei...Sabe uma coisa, voce podia me dar o nome da musica que toca no seu slideshow? obrigado.

Jaboticaba Preta disse...

Guria, o que são esses chocolates Milka.....:P Só de ler a palavra já engordo :D:D

Beijocas

Deh disse...

Tirou as palavras do meu teclado. Porque ontem mesmo, suando horrores subindo e descendo a rua do condomínio, eu pensava num post "eu sou Deh e estou há dez dias vivendo um simulacro de vida saudável".
Afff.

Anunciação disse...

Essa sua amiga Ester é uma senhora amiga,viu?Adorei,além do seu post desabafo,a lucidez do comentário dela;serviu pra mim também.Receba toda a minha solidariedade.E já que estou aqui,vou dar também um pitaco.Já pensou em procurar um médico ou um nutricionista?Aí devem existir bons,eu acho.Um abraço.

ESTER disse...

Carla,
Foca no George Clooney no check-in!!!!
Aliás, um protesto: náo aguento mais o comercial do Clooney aqui na Holanda, com aquele Nespresso!!
É uma lavagem cerebral!!
ah, e ir a uma nutricionista é uma ÓTIMA idéia, Anunciacao, gostei!
Assim, a Carla náo precisa ficar louca com nossos palpites e ouve uma opiniáo neutra e profissional.
Falou de dieta e de cabelo, nós, brasileiras, já ficamos agitadas!!!!!
bjos p ti, Carla e p Anunciacao tbm!

ESTER disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
clabrazil disse...

Você é ótima, Carla.

Que bom que seu filho te acha fofinha. Na adolescência eu achava minha mae ridícula!

Beijim,
Cla

Luciana Patrícia disse...

kkkkkkkkkkkkkkk
Adorei seu Blog.
Tö passando pelo mesmo problema.
Sei filho é uma gracinha.
Posso te linkar?

Carla disse...

Oi Simone, desculpa pela demora e indelicadeza, o nome da música e a cantora pra vc:

Colbie Caillat: Bubbly


Oi Luciana querida, pode me linkar é claro,

Bjos!!!

Carla disse...

Anunciaçao; eu teria mesmo q procurar um endocrino e a médica de família é que teria q me encaminhar, mas a mulher nao me dá a mínima acredita?
Tô aqui soziiinha tentando, mas acho q dessa vez vai, pô se eu parei d efumar, posso emagrecer tb,

Bjos!!!

Lucianna vou atrás da vitamina B12, vou dar um aolhada no site q vc me indicou tb,

Bjos!

Re, Li e Lily disse...

Escreveu pra mim! Os dias sem chocolate são tristes e sem graças. Crise de abstinência mesmo!
Mas vamos em frente e quem sabe a gente chega lá!
Abraços!
Renata