quarta-feira, 2 de agosto de 2006

Piqui Panis?


Nao tem coisa mais chata do voce nao conseguir entender quando falam com voce.
Pode ser por causa do sotaque,distraçao,ou porque voce nao fala mesmo a tal língua.
Isso acontece muito no aeroporto,as pessoas pedem informaçao sobre tudo, o tempo todo, sobre qualquer coisa, e o pior: Em qualquer língua.
Quando as pessoas falam ingles, nada mais natural do que iniciar a conversa na língua universal, o pior é quando nao falam. Mas muita gente nao se acanha, vem pedir informaçao na maior, em frances, árabe, e Zambies!!! (Que língua se fala na Zambia?)
E nao adianta falar que voce nao está entendendo, as pessoas estao às vezes tao perdidas e desesperadas que simplesmente continuam ali na tua frente se agitando e falando sem parar.
Como eu nao falo árabe mesmo,vou lá respondendo em portugues,porque se o fulano nao entende ingles nao adianta eu ficar torrando meus neuronios. Incrível é que muitas vezes essa falta de comunicaçao acaba funcionando.
Vamos lá mimicando e às vezes funciona.Mas duro é quando nao funciona, e a pessoa continua ali parada na sua frente mesmo quando voce diz que nao está entendendo patavinas e nao adianta fazer sinal com a cabeça, nem fazer nao com os dedos, fulano continua ali paradinho e emitindo sons incompreensíveis.
Alguns colegas meus tem verdadeiro pavor desse tipo de situaçao,além de constrangedor parece que aquele nao-diálogo vai durar horas, voce indica entao com os dedos o balcao de informaçoes e a pessoa continua sem se mexer, nao largando do seu pé, feito chiclete em sola de sapato.
Uma colega minha que trabalha no setor de Check-in da Varig, passou um aperto desses dias atrás.
Ela está lá no balcao,quando um passageiro se aproxima e solta essa:
-Piqui panis?
-Queeeeeeeeeeeeee?
-Piqui panis?
Depois de alguns WHAT? WIE BITTE? COMO? ela querendo se livrar daquela incomoda situaçao indicou o balcao da Olympic que é a Cia Aérea grega, o cara estava com certeza falando grego.
Sujeito olha em direçao ao balcao da Olympic com cara de desconsolo e tenta mais uma vez.
-Do you piqui panis?
-Ah, meu Sr. porque nao me perguntou antes? Yes, I do speak spanish.

9 comentários:

Roseane disse...

Ontem passei rapidindo...hoje vim co calma. E alemão? Eita lìngua difícil...

luma disse...

Todo mundo ao viajar deveria saber um pouquinho de inglês, oras!
O que é piqui panis? (rs*)
Beijus

Carla disse...

Alemao é complicado mesmo Roseane,e pior é que eles pensam que td mundo fala alemao e nem sempre colocam informaçoes em ingles.

Seria bom mesmo Luma,se td mundo falasse pelo menos um bocadinho de ingles...Piqui Panis é: Do you Speak Spanish, com sotaque de chines acho eu..hehehe!!!

beijos,

Carina disse...

piqui panis???
kakakakakkakaka
Tô quase tendo um treco aqui!
kakakakakkakkakakkakaka

Marcia disse...

Hahahaha

Essa foi muito boa Carla. Meu marido também trabalha no aeroporto em Cumbica e ele morre de raiva porque além de tudo as pessoas acham que só porque ele trabalha lá ele tem que dar informação de tudo. Ele diz que sempre esconde o crachá quando sai para dar umas voltas no saguão :)

VALERIA MARTIN disse...

KKKKKKKKKK....Se for viajar,acho que vou só pra PORTUGAL....

Ingrid Littmann disse...

Oh!!!!!!!!!!!Maximo, muito engraçado. Carla, você recebeu meu e.mail? Mandei na segunda.

ps. mais não é duro na queda essa sensação de desespero, sei bem o que é...fico que nem a pata patalogica num aeroporto. Amiga dá um desconto pra esse povo, outra o brasileiro que não nadica de inglês também é bem assim. Lembro de uma velhinha que não entendia nadinha de inglês nem hebraico e estava saindo do aeroportp Ben Gurion, mas Carlinha ela falava com mundo, crente que o povo entendia. Era demais......

beijos

Regina disse...

Carla,

Super engracada a estoria. Estou aqui rindo sozinha. Uma das primeiras vezes que fui a Alemanha (ainda nao fala nada de alemao)para visitar o meu marido, entao namorado, eu me achei numa adega tentando desesperadamente encontrar agua sem gas (detesto agua com gas). A minha impressao e' que agua com gas e'super popular pelas bandas da Deutshland. Perguntei ao sujeito em alemao, se ele falava ingles, espanhol, frances e portugues. Nix. Como eu havia esgotado o meu acervo linguistico tive que usar a imaginacao. Comecei a pegar as garrafas e chachoalha-las para ver qual nao fazia nenhuma bolha. Finalmente, encontrei a Vitel.

Beijos,

Regina

Sandra disse...

Hihihihihi.... isso sim, é que é duplamente difícil, entender idiomas E sotaques! Outro beijo, Sandra