quarta-feira, 16 de junho de 2010

E respeito o que é mesmo?

Houve um tempo em que blog era uma coisa mais popular, desde o grande bum há alguns anos atrás as coisas mudaram bastante. Muitos blogs desapareceram, muita gente deixou de ler, mas ainda assim muita gente ainda acompanha. Eu mesma já li e já escrevi muitíssimo mais do que hoje, eu comecei a escrever por causa da Copa de 2006 que foi na Alemanha e imaginei que haveria muita coisa interessante e legal pra escrever, fora o aeroporto que é meu local de trabalho e que também dá um livro tantas as histórias que acontecem por lá.
A Copa já é a de 2010 a animaçao é outra, as histórias de aeroporto ficaram menos frequentes (eu devo ter me acostumado ao fato de que todo mundo é um pouco louco) e imaginem vocês muitos dos meus amigos de há 4 anos atrás, nunca mais vi, outros nem quero mesmo nunca mais ver. O mesmo acontece com os blogs, alguns que eu lia na época, nao leio mais, outros interessantes surgiram, algumas pessoas escrevem muito esporadicamente, mas continuam lá e eu acompanho os raros posts, porque continuam mesmo valendo a pena, outros deixaram de ser tao criativos, crianças cresceram, casais se separaram, crianças nasceram, mudaram de cidade, estado, país, algumas pessoas morreram....É muito louco acompanhar isso tudo se tratando da vida de gente que você nem conhece. Mas existe outro tipo de blog que nao se encaixa em nenhuma dessas categorias, é o que eu chamo de blog das Marias vao com as outras. Ou ainda blog de gente que se intitula "bem resolvida". A gente bem resolvida sabe falar muito bem sobre todos os assuntos, conhece o mundo, é antenadíssima, culta, fala línguas, fala de política, arte religiao e sexo como profissional, mas nao ouse discordar de seus posts, porque aí a casa cai. Apesar de bem resolvida e outros que tais, tudo muda no momento que você nao concorda com o dono (a) do blog em questao. Por isso o nome de Maria vai com as outras, porque na verdade só comenta quem concorda, quem se atreve a discordar, é achincalhado pelos outros "habitués" e óbvio pelo dono(a) do blog. Nao sendo poucas as vezes merecendo grande destaque do tipo: "Eu nao me incomodo que você discorde de mim, mas você é mesmo muito tonto, burro, sem noçao, inculto, sem berço, por nao entender e nao aceitar o meu ponto de vista".
Essas mesmas pessoas se sentem à vontade para achincalhar qualquer país, estado, posiçao política, estado civil, da qual nao concordam ,mas literalmente sobem pelas paredes quando algum leitor desavisado resolve discordar de suas opinioes. Eu nao comento nesses blogs, só observo (como se eu tivesse muito tempo sobrando) e aprecio o fenômeno, nao importa o tipo de assunto, chovem comentáros do tipo :"Uau como você sabe das coisas", "Eu penso igual a você", "Somos almas gêmeas", "O mundo estaria salvo se todos pensassem como nós".
Vocês estao preparados para todos os tipos de comentários que posssam surgir? Pra quem tem blog, pensaram nisso quando liberaram os comentários? Quem entra na chuva é pra se molhar?
Eu pessoalmente tento nao abrir taaaanto a minha vida pessoal e nem a minha posiçao política por aqui porque eu provavelmente nao esteja preparada para "todo e qualquer" comentário que possa surgir. Também nunca tive até hoje o desparazer de ter que encarar muitos comentários desagradáveis, nao concordo com comentários agressivos do tipo: "Sua mae, seu pai, você, seu irmao sao..." mas também acho ridículo e de uma fraqueza absurda tachar de troll qualquer um que discorde da minha linha de pensamento.
Discordar é bom e dá origem a discussoes interessantes, importante é saber manter o nível, se isso for feito muitas vezes um blog pode ser melhor fonte de informaçao , do que muitos veículos disponíveis.
Discordar pode ser muito saudável mas tem que ter jogo de cintura diante de um comentário desagradável, mas encarar qualquer comentário contrário a sua opiniao, ponto de vista como "ameaça", é meio esquisito.
Ás vezes eu tenho a impressao que os tais "bem resolvidos" precisam sempre de atençao e reafirmaçao do quanto bem resolvidos sao, por outro lado, aquele que comenta também tem que sber usar o "filtro interno" e nao escrever palavras palavras ofensivas ou despejar suas frustraçoes no dono do blog.

Cada um tem o direito de escrever o que quer? Óbvio, aquele espaço é seu, mas está aberto ao público nao se esqueçam.

10 comentários:

Lucianna disse...

Olha que eu concordo com vc... ahahahaha (olha a Maria ai...)
nao, serio.. acho que quando criamos um blog e expressamos a nossa opiniao estamos abrindo porta pra discordancia.... acho que a opiniao alheia gera uma discussao saudavel... nao me importo nem um pouco que discordem de mim, ja passei a acompanhar blogs muito bons atraves de comentarios contrarios a minha opiniao.. agora o que muita gente nao entende eh que o se expressar pode ser feito de forma educada e respeitosa, em 4 anos de blog soh tive um comentario muito do mal educado, puxei a orelha do "anonimo"(eh, pq eles nunca da cara pra bater) e moderei o meu comentario.
Mas o contario tambem existe, essa semana me deparei com um blog onde o escritor eh extremamente agressivo, porem nao aceita ser agredido... com educacao expliquei pra ele o pq das pessoas estarem sendo tao agressivas com ele, ele e todo o direito de ter a opiniao dle, tirar suas conclusoes, mas quando nos tornamos agressivos existe 99% de sermos agredido de volta, nao e verdade?
Viva a liberdade de expressao, mas respeito eh bom e todo mundo gosta! heheheheeh

bjs

Marcia H disse...

é por isso que eu deixei de comentar em vários blogs

kkkkk que doidera é essa no video kkkkk seria mais cômico se nao fosse a realidade de muitas criancas no mundo
bjss

:) Família Feliz :) disse...

O vídeo é hilário mesmo, a D. Lourdes passou o sinal vermelho com tudo, não acredito que ofensas possam educar, apenas extravasam nossa chateação, passam o mau exemplo pra frente, mas vamos combinar que geração de gente mais preguiçosa é essa de hoje em dia? pessoal novo e caindo pelas tabelas de tanta preguiça...
Nem vou falar que no meu tempo era diferente, senão vcs vão me sacanear calculando minha idade kkkkkkk
Boa semana
Cristine

Lúcia Soares disse...

Oi, Carla. Concordo demais com você. Sempre que discordo de alguém, o faço com educação, afinal somos "amigos", se estamos no blog da pessoa, é porque nos agradamos dele. Em 1 ano de blog tive alguns discordantes, mas todos gentis e educados. Opinião cada um tem direito de ter a sua.
Leio sempre você, recebo seus posts por e-mail, mas de um tempo pra cá não tenho comentado.
Este é outro ponto: há blogueiros que definitivamente não comentam em outros blogs, assim não me sinto confortável em comentar no deles, porque fico achando que não o agrado. Coisa minha, pode ser bobagem. Mas o que a gente mais gosta é de ser lida e ter um comentário pra gente.
Também detesto esse povo "baba-ovo", que só comenta pra fazer elogio à pessoa, não ao texto.
Eu elogio muito, quando gosto, mas não fujo do foco que é o post.
Gosto demais de ler você.

Mari disse...

Tudo isso é mesmo verdade. Eu já vi absurdos enormes em blogs das tais "bem resolvidas". E geralmente elas tem legiões de seguidoras que passam seus dias lendo e elogiando tudo o que elas escrevem.
Depois que cheguei ao Canadá eu me assustei um pouco com o crescimento do meu blog. Eu comecei receber dezenas de e-mails de pessoas pedindo conselhos e ajudas, como se eu fosse a dona da verdade: aquela que sabe tudo e que pode resolver qualquer problema. Algumas pessoas me pediam conselhos até na educação dos filhos ou na escolha da melhor escola e acabavam passando pra mim a decisão do que era melhor para suas vidas: muito louco!!! Agora eu continuo respondendo e-mails, tento ajudar sempre que possivel, mas sem dar minha opinião, sem dizer o que acho que elas devam fazer.
Acho que as bem resolvidas precisam de aceitação porque nao estao tão bem resolvidas assim. Por outro lado, muitas leitoras precisam de alguem para lhes dizer o que fazer, como pensar, em que acreditar. Elas se completam e por isso, ambas se incomodam com criticas ou com quem discorda delas. Neste tipo de blog eu não comento mais, muitos eu nem leio mais.
De qualquer forma, acho que educação é importante sempre. Por sorte eu não recebo muitos comentarios agressivos e até fico meio frustrada quando todo mundo concorda comigo sempre. As vezes, um comentario contrário nos enriquece mais do que um monte de elogios.

bjs

Marcia disse...

Carla nós somos "almas gemeas"! Além de também achar que o mundo seria bem melhor se houvessem mais pessoas como nós duas, hahahaha

Josy disse...

Olá

Bom,faz apenas alguns dias que acompanho o seu blog,apesar de ainda não ter tido tempo de ler os posts antigos,confesso que já gosto bastante.Quem me deu a idéia de fazer um blog foi meu namorado,antes disso,nem sabia que existia...Mas a partir de então,comecei a pesquisar por blogs de brasileiros no exterior,já que talvez muito em breve isso acontecerá comigo,e não mais parei.Nunca pensei que existisse uma "competição" entre blogs,e muito menos imaginava que um simples post pudesse dar tanta repercussão.Eu até que gosto de algumas discussões dentro dos blogs,mas geralmente apenas leio e quase nunca participo,mas acredito que seja construtivo e até legal conhecer diversas opiniões sobre diversos assuntos.Mas respeito é fundamental em todos os aspectos.

Abraços,

Joseane

Ciça Donner disse...

Olha só pra nao fazer coro... eu discordo. Discordo do ponto e do contra ponto, mas como nao sei bem como, enato só fico do contra....

bibi move disse...

hey, não cliquei no vídeo- mas tô aqui, ainda te lendo!!! apesar do bibimove estar fora de serviço...
qq hora te esbarro no érioporto!
bjs

Anunciação disse...

Vige,que dona Lourdes extrapolou,coitada.