sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Viagem

Jerusalém a noite, foto tirada pelo professor

de alemao do Thomas

Thomas foi viajar no domingo passado, viagem de formatura da escola, formatura entre aspas, porque todas as crianças ainda vao fazer o equivalente ao segundo colegial, mas em outra escola, o sistema de ensino alemao é complicadíssimo, pelo menos pra mim. O colegial é voltado já pra humanas, exatas ou biomédicas, depende muito das notas alcançadas até aqui, tem que enviar curriculum pra nova escola pra ser aceito, passar por entrevistas e tudo mais. Tirando toda essa parte chata que já está quase no fim, com o Thomas e com o Felipe, é comum as crianças fazerem uma viagem de formatura nessa época do ano. Há mais de uma ano a classe do Thomas tinha decidido entao que eles queriam ir pra Israel. Por motivos que todos já conhecemos, a viagem chegou a ser ameaçada e muitas reunioes de pais depois, as crianças viajaram. (ficaram ainda quatro crianças, que nao se sentiram seguras ou os pais).


Foto clássica no mar morto, onde nao se afunda

Como nada poderia ser assim tao simples, na quinta feira anterior o Thomas rompeu os ligamentos do pé, jogando futebol na aula de esportes da escola. Até o sábado a noite nós nao sabíamos se valeria a pena ele viajar, como pé enfaixado e dolorido. É óbvio que no sábado a noite ele decidu que sim iria, e entao me bateu o pânico, saímos correndo na última hora para comprar cuecas, meias, shampoo, pomada de voltaren e qualquer faixa, bandagem ou coisa de raça parecida que ele pudesse colocar sozinho no pé depois que aquela faixa caísse.

Adoro essa tecnologia, os pais recebem e-mail diários com fotos das crianças e um relatório de como as coisas estao indo, etc... Assim que as crianças chegaram em Israel, nós recebemos um SMS eletrônico pelo telefone fixo mesmo, dizendo que estava tudo bem, e que já estavam a caminho de Jerusalém. Fantástico!!



O mais animado da turma era sem dúvida o professor de alemao da classe do Thomas, que nunca tinha ido à Israel e nao é judeu.

Olhando as fotos eu tenho certeza de que fizemos a escolha certa de ter concordado com que o Thomas viajasse, acreditando que ele conhece os limites dele, e vai saber se cuidar se o pé doer muito, uma viagem dessas, nao dá pra se repetir, você só é adolescente uma vez, só se forma uma vez, só tem a oportunidade de viajar com esses amigos uma vez, e nós nao queríamos privá-lo disso.

Também fiz a mesma coisa na minha adolescência, e sei o quanto essas viagens sao inesquecíveis. Israel oferece um mundo de variedades, paisagens diferentes, e experiências únicas.


A turma em frente ao parlamento em Jerusalém, Thomas está a frente de camiseta listrada segundo da direita pra esquerda.

Nao, nao enviei o meu filho pra faixa de Gaza como pensam alguns, pensar que Israel se resume a Gaza é tao pequeno quanto pensar que o Rio de Janeiro se resume as favelas e a linha vermelha fechada pelos traficantes. Tem perigo? Lógico que tem, mas sinceramente fico mais sossegada com ele lá, do que no Rio ou em Sao Paulo.


A segunda noite em Israel, foi passada em uma tenda beduína


Jantar na tenda beduína



Passeio de camelo


Por do sol em Massada.

Onde fica Massada e onde é, tá aqui facilitadinho pra vocês. É passeio obrigatório pra quem vai a Israel, aquela "água" ali ao fundo é o mar morto. Pra quem tem pique o melhor de massada é fazer esse passeio logo no por do sol. É simplesmente lindo. A turma se levantou as três da manha pra ver o por do sol lá de cima.

As fotos me lembram muito de quando eu mesma fiz esses passeios a...nao importa quantos anos atrás, mas o que me dá mais inveja sao as roupas de verao.

8 comentários:

Phophina disse...

Carla, muito acertada a decisao de vocês pais. Com certeza o seu filho vai retribuir a confianca que depositaram nele e na organizacao. Lindas as fotos! Fiquei com uma inveja da branca dessas paisagens. Eu que nao posso sair da Alemanha até o meio do ano, é duro....

Beijos...
PS: quer dizer que o wii fit vale a pena?

Jaboticaba Preta disse...

Que fotos mais lindas... Jerusalém é linda em qualquer horário, mas essa a noite foi de arrasar! Enfim,Israel é TUDO DE BOM!!

Vale muito a pena ir. Também recomendo :D


Beijocas

Flávia disse...

Minha Alma Gêmea você, Carla Ester,

Também não iria querer privar meu filho de uma viagem dessas. Que fotos belíssimas! Que inveja mortal do sol, que vontade de dar um mergulho no Mar Morto!

Mande os palpiteiros de plantão para a Faixa de Gaza, que tal?

Beijinhos congelados (ainda nevou ontem aqui :(

Ana disse...

Véi, eu devo ir esse ano...já pensou que louco se a gente combina de se encontrar em Masada?

Meet me in Masada. :-)

Maricotinha disse...

Nossa, agora fiquei com vontade de conhecer Israel. Belíssimo! Decisão super acertada!

Ciça Donner disse...

Égua existe turismo em Israel??? hahahah Pronto, pode me bater que nao vou nem correr!!!!

Mana tá passando o comercial direto na Tv, nao é? E eu tô contando a cabeca do Bernardo... aliás, canto ele pra me deixar ir a jesursalém a ANOS! Vou mostrar teu post pra ele... A terra é sagrada pra mim tb e se morrer sem colocar os pés lá a culpa e dele!!!

Ana disse...

Ciça, vamos montar um clube?

Meet me in Masada.

:-)

Sheila disse...

Sou navegadora, passo de blog em blog.

E de repente estava aqui no seu, lendo sobre a viagem de se filhote com a escola à Israel.

Que bom que vcs decidiram que ele fosse. E principalmente por poder comprovar, que este país não se resume apenas à conflitos .

Israel é de fato um lugar incrível, mágico e diferente.

Parabéns pelo lindo post e pelos retratos maravilhosos,

Sheila