domingo, 4 de janeiro de 2009

Seria cômico se nao fosse trágico.

Todos que leem o blog sabe que eu tenho família em Israel. Mais precisamente em Ashdod, que tem sofrido uma chuva de mísseis nos últimos dias, o meu sobrinho que estava aqui, mora lá e decidiu que queria ir pra casa mesmo assim. Ainda que me incomodasse muito, ele voltou pra casa, e nós aqui ficamos com o coraçao na mao, lógico, mas de uma certa maneira eles lá estao meio "que acostumados" com isso, assim como quem mora no Rio ou em Sao Paulo, eu acho.
Em todo o país existe uma sirene de alerta, assim que a sirene toca, o smoradores tem de 30
a 45 segundos para descerem para o bunker. Essa sirene pode tocar a qualquer hora é lógico e serve de alerta. Muitas vezes no meio da noite, ou memso durante o dia. E nós ficamos aqui, telefonando e checando que está tudo bem.
-Márcia, tocou a sirene hoje?
-Nao, tocou ontem e eu estava tomando banho.
-Putz e você desceu pro bunker de toalha? O que que você fez?
-Bom, primeiro eu pensei por um segundo se eu deveria descer mesmo de toalha, porque você sabe o prédio todo desce pra lá, os vizinhos....
-E?
-Depois eu resolvi que era melhor nao descer porque as minhas pernas estao muito peludas...
-Você nao foi pro bunker porque as suas pernas estao peludas?
-É, tá frio e eu nao me depiliei, entao assim que a sirene tocou eu fui pra trás da porta do meu quarto fiquei longe da janela e esperei tudo acabar!!

9 comentários:

bibi move disse...

nossa carla, que coisa--- tudo torna-se tão banal que as pessoas nem mesmo percebem os riscos intrínsicos no cotidiano...
triste.

Lúcia Soares disse...

Nunca entendi porque guerras existem...Só posso desejar que esta acabe logo e que sua família saia ilesa. É tão mais fácil viver na paz...O que - ou quem - será que alimenta as guerras? Ainda mais por um pedaço de terra, nesse mundão de meu-deus!Sei das implicações religiosas e isso me faz entender menos ainda...

Jaboticaba Preta disse...

Que situação menina! O triste é que ninguém fala da chuva de ataques contra civis Israelenses já dura 8 anos, 8 anos e NINGUÉM faz nada pra parar.

Para saber em tempo real, mesmo estando fora da zona de alcance, eu recebo pelo celular o aviso dos ataques por este site aqui: http://www.vfi-usa.org/index.html Dê uma olhada

Minha total solidariedade para com tua família e Israel.

Shalom


Jaboticaba

Marcia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcia disse...

Hehehe verdade Carla, seria cômico se não fosse trágico ...

E esses Bunkersnos prédios devem ser enormes pra caberem famílias inteiras dentro né?

Também estou torcendo pra que essa guerra termine logo.

Nadja Saori disse...

São coisas que eu não tenho como entender. Guerra, assassinatos... crueldade! Eu não só torço para que essa guerra termine logo, pq depois dela poderá vir outra...
O que tem que acontecer é uma solução definitiva dos problemas.. a criação do Estado da Palestina, em harmonia com o de Israel... Para o bem de todos.Crescer com ódio n~~ao vale a pena.. precisamos mostrar isso aos outros...

Eu poderia usar um pedaço do seu post em um post meu futuro sobre paz? Com os devidos creditos, claro... na realidade, quero pegar a idéia.. do que isso significa... e juntar com outros retalhos de idéias que tive para falar de paz...
e adorei seu blog.
Beijos
Nadja :):):)

Anunciação disse...

Seria cômico,se não fosse trágico,mesmo.Deus tenha piedade de todos.

Barak disse...

Carla, vc deveria pensar seriamente em ser cronista de jornal... detalhes da vida real que a gente nem pensa!!
Excelente!
Beijao,
Rbnho

Ciça Donner disse...

Ai caramba Carla, manda ela deixar um bolsinha de emergencia na porta com batom, pinsa de sobrancelha e gilete é claro!!!