segunda-feira, 3 de março de 2008

VIP- Mas quem é você?


Eu sei que dei uma sumida,mas além do meu computador ter me deixado na mao durante toda a semana,eu ando ocupadíssima acreditando que vou ficar rica.

Pelo menos eu tô tentando...

Ando tendo tantos dias de folga e tantos passageiros normais, que nao tenho nenhuma novidade aeroportística pra contar. Tirando o fato que eu tive uma princesa no meu vôo semana passada. Eu só sei que ela era princesa porque estava escrito no passaporte. Dona Princesa Fulana de Tal. Ela devia ser importante ou talvez nem tanto porque ninguém deu muita bola, e eu menos ainda já que ela nao tinha coroa e tinha uma sacolinha do Duty Free à tiracolo.

Mas ela tinha um porte digamos assim aristocrático. BAH! Se na Alemanha nao existe monarquia também nao me importo com a linhagem sangue azul da Dona Princesa.

Agora já me acostumei mas no início achava muito estranho o passaporte alemao com os seus títulos. Doutor Fulano,Doutora Siclana, Engenheiro Diplomado entao, é o fim. Abreviado lógico.

Isso nao dá tratamento diferenciado pra ninguém,nao adianta Doutor Fulano de Tal ter passagem de classe econômica, que ele vai ser tratado igualmente à dona Siclana que nunca foi à escola.

Tem também os Very,very important people,que sao VIPs com V duplo que ninguém nem vê a cara porque eles vêem de Porsche Cayenne até o aviao. Vem pela pista, e nem se misturam com a peble, lá no portao de embarque.

-Carla,nós temos 3 VIPs, você pode por favor ir lá dentro do aviao e destacar os cartoes de embarque?

-Quem sao?

-Ah sao Fulano e Siclana von de Uórever.

-Ah nao vou nao,nem conheço, manda outra pessoa vai, ainda se fosse o Ben Afleck ou o George Clooney....

Aliás,é incrível como tem gente que se "acha". A Senhora Princesa "nem se achou", mas uma outra madame ficou irritadíssima porque ia ter que se sentar com toda aquela gente no portao de embarque.

-Nao tem tratamento diferencido pra primeira classe?

-Tem sim,eu vou levar a senhora no colo até a porta do aviao,cantando Reginaldo Rossi no seu ouvido, quer? E se nao for suficiente pra senhora, a senhora pode se sentar lá do lado da Dona Princesa, aquela senhora ali ó com a sacolinha do Duty Free, quer tratamento mais diferenciado do que se sentar do lado de uma princesa?

4 comentários:

Flávia disse...

Cantando Reginaldo Rossi no ouvido ! Ah, que pena que nao sou VVIP...

Beijinho,
Flavia.

Lenisse disse...

Seus posts sao otimos! Adorei esse, como sempre.

Lenisse

biagil disse...

Bom demais!!!!!!!
Beijinho carinhoso, Carla!
P.S.: vc conhece alguma de Reginaldo Rossi? Da próxima vez, sugira Amado Batista.

luma disse...

POW!! Que chatura heim? Não canta não, vai que gostam!! Beijus