sexta-feira, 3 de novembro de 2006

Setenta anos depois/este é o meu filho


No dia 31 de outubro foi a inauguraçao da escola judaica de Frankfurt, que após setenta anos voltou ao seu prédio original.
Em abril de 1941 foi decreatdo o fechamento de todas as escolas judaicas, e só agora, setenta anos depois, a escola volta ao seu lugar de origem.
Até entao a escola judaica funcionava na sede da comunidade judaica de Frankfurt.
As crianças frequentam essa escola desde que nós chegamos à Alemanha,quatro anos atrás.
A escola recebeu nos dois últimos anos premios de excelencia e foi classificada como sendo a melhor escola do estado de Hessen.

Diferente da maioria das escolas alemas na escola judaica a proposta é diferente: As crianças passam a maior parte do dia na escola, em diferentes atividades.
As matérias principais sao dadas em alemao e assim como o ingles e o frances, o hebraico também faz parte do currículo e é matéria obrigatória.

Nem todas as crianças sao judias, mas as que estao matriculadas tem que cumprir todo o programa como qualquer criança judia, o que inclui o aprendizado do hebraico ,festas judaicas e religiao, como matérias obrigatórias.

Somente algumas poucas crianças estiveram presentes na festa de inauguraçao.
Este na foto escrevendo na lousa é o meu filho Thomas e logo atrás de tailleur preto, a prefeita de Frankfurt Petra Roth. Compareceram além da prefeita muitos outros políticos.

Durante a inauguraçao o ministro do interior Roland Koch citou uma célebre frase bem conhecida utilizada por Salomon Korn na reabertura do centro de convivencia judaica de Frankfurt

"Quem constrói uma casa é porque quer ficar"

"E quem constrói uma escola, é porque quer que os seus filhos e os filhos de seus filhos fiquem".

Nao deve ter sido nada fácil a decisao de quem ficou aqui após a segunda guerra. Ainda hoje muitos judeus evitam de vir à Alemanha e de de falar alemao.
É o peso da história, ainda tao recente.

A inauguraçao da escola foi matéria em alguns importantes jornais de Frankfurt e regiao
Update: Peter me telefonou hoje pra me dar bronca por eu ter escrito que Roland Koch é minstro do Interior, quando ele é Governador do Estado de Hessen. Correçao feita Peter, e obrigada pelo toque.

2 comentários:

Ana Lucia disse...

Carla querida, parabéns em primeiro por essa linda conquista da reabertura da escola ! Essa coragem de recomeçar de novo, apesar do trauma do holocausto, é um exemplo que todos nós devemos seguir. E o seu filho é lindooooo, grande meu Deus, eu imaginava todos os seu filhos meio pequerruchos :-) Beijocas.

marcia kawabe disse...

Carla é lindo mesmo o seu menino! Puxa é que bacana isso poder aprender hebraico :)

Bjs