sexta-feira, 6 de outubro de 2006

Tadinha de mim,


Estou desde quarta feira com pena de mim. To usando e abusando da minha porçao "tadinha de mim", chato é quando voce fica sozinha com pena de si mesma e ninguém te dá a menor bola.
Depois de um mes de férias, voltei ao trabalho, a levantar cedo (tadinha de mim), super resfriada, cheguei no primeiro dia, fungando o nariz bem alto e tossindo mas ninguém nem aí!!!
-Puxa Carla, que legal voce voltou...
-Pois é e to resfriadíssima, imagina....
E fiquei lá me coitadando sozinha. Sei lá porque eu to com essa auto piedade toda, é fase, vai ver, e vai passar, mas enquanto nao passa...

To desde ontem mexendo aqui, resolvi fazer um upgrade no meu blog, mexo que remexo e some tudo, nao é ótimo? Saiu do ar,parou,pirou, sei lá, fiquei até meia noite e nao consegui nada, quase tudo que eu configuro, nao fica salvo no template. Vou respirar muito fundo e tentar mais tarde de novo.

Resolvi pintar o quarto das meninas de lilás, só uma parede, pra dar uma graça, mas como eu estava com muito medo de borrar tudo, resolvi testar meus dotes pintorescos na sala de TV primeiro que é um local assim nao tao nobre da casa. Até ontem no início da noite, estava uma caca, hoje com a tinta já seca está uma semi-caca e a Ju nao quer mais o quarto nessa cor, porque acha "esquisito" o quarto dela e a sala de TV na mesma cor, vamos ver se vai me dar animo de mudar os planos e a cor da tinta quando chegar a vez do quarto dela.


Levantei em cima da hora hoje (novidade) tomei banho, e tinha planos de lavar o cabelo e secá-los, (fazer escova ainda se possível) em DEZOITO MINUTOS. Lógico que o meu raciocínio devia estar pra lá de lento quando resolvi isso, e pra variar desci as escadas colocando o sapato,ajeitando a gravata, esqueci o celular voltei pra buscar, aquelas coisas de sempre...
-Sr. Passageiro, me desculpe, me dá licença só um minutinho porque eu to com muita tosse, e vou acabar colocando o pulmao pra fora em cima dos pés do Sr, eu já volto tá? É só um minutinho mesmo. (tadinha de mim duplo).

-Bom dia, como voce está hoje?
-Ah, Sr. Passageiro se eu resolver mesmo dizer, o Sr. vai perder o voo, xá pra lá!
-Voce gostaria de vir comigo?
-Ahn? Com o Sr? Pra onde?
-Pra Filadélfia, voce conhece a Filadéfia? Nao gostaria de vir comigo?
Ah, gente nao, eu nao queria ir pra Filadélfia com o Sr. Passageiro, mas de jeito nenhum,ainda mais àquela hora da manha com tosse de cachorro, e além do mais, imagina se o Sr. Passageiro iria mesmo manter o convite de pé se soubesse que teriam que vir também o meu marido e os meus filhos atrás!

4 comentários:

marcia kawabe disse...

Ei Carla, depois dessa cantada sutil do Sr passageiro você deveria estar mais animadinha :)

E se você não entendeu o convite dele não era estensivo a sua família, ho ho ho !

Melhoras !

VALERIA MARTIN disse...

É verdade Carla tem dias que também tenho dó de mim,e é justamente nesses dias que as pessoas passam pela gente desapercebidas.Acho que acontece com todo mundo.Quem sabe não foi o passageiro que percebeu?
O saco é que é sempre quem não queremos que nos dá atenção.
Um beijo e melhoras!

doro disse...

mas,continuando o que diz a Valéria, isso só acontece(alguem nos lembrar que estamos vivas) com a finalidade de parar com a auto-piedade.
bjs!!!!

Ingrid Littmann disse...

Tadinha do cê Carlinha, se cuida!!!!!!

Tome cha de limão, alho, gargarejo de agua quente com sal. Aqui tem um xarope de ervas, como aquele tal de melagriaão. Com certeza deve ter um remedinho por ai para curar esse mau estar.....

Beijos e melhoras mesmoooooooooooo