quarta-feira, 20 de setembro de 2006

Reuniao de pais,a missao...


-To pronta, Alex vamos.
-Ah nao, voce só pode estar brincando,eu nao quero ir.
-Mas é a primeira reuniao de pais do ano, vamos a gente vai nessa e nao vai em nehuma outra durante o ano inteiro,prometo.
-E dos outros?
-Tá uma vez pra cada filho, e pronto,só essa do início, que é importante.
Nao somos pais desinteressados nem desalmados,mas reuniao de pais é dose.O problema é que, o que pra nós é chato pra outros pais, é passatempo,é terapia. O cara vai lá e se abre todo,começa a falar desde a concepçao do filho até os dias de hoje, se empolga,repete e tripete tudo mil vezes, e pra quem tem quatro filhos,tudo o que voce mais quer é ser objetivo e voltar logo pra casa porque afinal sao montanhas de reunioes durante o ano,nao é fácil de aguentar.
-Eu tenho trauma, desde que aquele pai da classe do Felipe ainda no maternal resolveu falar de todos os medos e inseguranças dele durante hoooras eu nunca mais me recuperei.
-Calma Alex vai dar tudo certo,vai ser rápido voce vai ver.
Nao foi rápido, nao deu nada certo,tínhamos vários pais inseguros na classe a reuniao demorou quase tres horas e o Alex nunca mais vai em reuniao de pais.
-Pelamordedeus, isso é uma tortura eu nao aguento mais,porque as pessoas perguntam sempre as mesmas coisas? Porque nunca estao satisfeitas com as respostas?
Ah, relaxa, olha só, repara nas pessoas, (Adoro ficar reparando nos outros pais, é feio eu sei mas e dai? vou mentir? reparo mesmo). Olha que esquisito, aquela moça tem a cintura da calça tao baixa a camisa curta, a calcinha dela tá no umbigo e dá até pra ler lá: Sloggi. Nao é esquisito? E ela nao se incomoda, é pra ser assim mesmo.
-Ah Carla, to sem vontade.
-Sem vontade de que?
-De reparar na calcinha da mulher, eu quero sair daqui já faz duas horas que nós estamos aqui sentados nessa cadeirinha, já comemos todo o salgadinho na nossa frente, Arghhhhhhhh!!!
-E aquela lá na frente de preto? Que esquisita ela tira a sombrancelha toda e pinta com lápis depois.
-Meu D-us que tortura, poe suco pra mim de novo por favor.
Sabe lá o que reuniao de pais de QUARTO FILHO? Voce já tá carequinha da Silva de saber como funciona a coisa.
Pra piorar tudo a professora da Gaby é nova na escola e segundo a Gaby,muitíssimo brava. A própria já foi avisando logo no início da reuniao de que ela é enérgica.

-Olha mae,voce nao grita e nem fala alto na reuniao, se voce quiser falar levanta a mao que a "Frau Bockmann" é muito brava.
( Todas as pessoas as quais nao se tem intimidade inclusive professores, sao chamados pelo sobrenome acompanhados de Frau no caso das mulheres que significa senhora ou Herr no caso dos homens que significa senhor)
-Ah e tem também outra coisa,nao deixa de falar com a mae da Milena,combina com ela que eu quero ir na casa dela, eu já falei pra mae dela te procurar na reuniao, eu disse pra ela que voce era gorda e tinha cabelo enrolado. (Eu já disse antes que a minha filha é um doce).

Nao gritei e nem falei alto,aliás nem falei, desde que nos mudamos pra cá, eu sou tranpsarente em reuniao de pais, só de pensar em falar alemao na frente daquele monte de gente e ficar formulando frases gramaticamente corretas já me dá suador, fico imaginando o mico, só falo em caso de vida ou morte.
Mas a mae francesa fala, e fala horrores e fala pausadamente, prestando atençao pra nao tropeçar no alemao, e toda vez que falava parecia que ia explodir, o rosto dela ficava vermelho e ela suava.
E a descriçao que a Gaby deu pra mae da amiguinha foi perfeita,porque mal acabou a reuniao a moça da calcinha Sloggi,veio falar comigo. Tudo combinado a Gaby entao vai brincar na casa da amiga da mae da calcinha, na quarta que vem.

Votaçao pra representantes de classe e a reuniao chega ao fim, Alex fica radiante de felicidade.
-Voces como casal , nao podem colocar dois votos na urna.
-Tá, tá a gente coloca um só! Vai Carla escreve o nome da moça aí do lado, e entrega logo o papel pra gente ir embora.
-Eu nao sei como ela se chama.
-Com nao sabe? O nome dela tá na lousa, escreve e pronto.
-Nao é, o nome da lousa é da outra mae.
-Mas eu nao quero votar na outra mae,quero a mae aí do lado.
-Acho que ela se chama Rachel.
Escrevemos Rachel,nosso voto era pra ela, tudo bem se a Rachel tivesse se candidatado, quase morro de vergonha quando a mocinha fala bem alto:
-UM voto pra Rachel!!! mas é inválido porque a Rachel nem se candidatoooooou...Vamos fazer outra votaçao ou deixamos assim?
Alex ameaça surtar!!!
Afe, que vexame, ainda bem que ninguém ficou sabendo quem foi que votou na Rachel.
Tres horas e dez de reuniao, duvide o dó que eu consiga arrastar o meu digníssimo esposo para as outras reunioes que ainda nos restam.

7 comentários:

Ana Maria disse...

Oi Carla,eu to rindo ate agora,vc eh demais.
beijos

Sergio e Marilena disse...

É Carla, estou apenas começando com as reuniões e acho que elas poderiam ser até interessantes se os pais tivessem bom senso. Pelo menos por enquanto as reuniões do Eduardo estão sendo individuais. Eu chego cedo, sou uma das primeiras a serem atendidas e tudo resolvido. Tb gosto de observar as pessoas até pra questionar se não tenho as mesmas atitudes. A gente vê cada coisa por ai que se sente até normal, né?

Ingrid Littmann disse...

Carlina,

Minha sogretetes já alertou mil vezes que é muitissimo importante nos Estados Unidos ir a essas reuniões. Ela como professora disse que no sistema publico, os pais precisam ficar de olho.
Aqui você matricula seu filho dependendo do bairro que você mora, quer dizer seu filho estará na escola publica desse bairro.

Fiquei pensando no meu pai "alemão" que ia nestas reuniões e tanbém com certeza ficava pagando mico mas não estava nem ai. Eu que ficava envergonhado porque ele mais parecia meu avo.

Ps. nunca vi a gente se parece deverás, eu também adoro me abstrair das coisas observando os outros, extamente como você descreveu.

Queria escrever um monte, mas enfim. Seria melhor estar perto de ti e bater um papão. Beijão

doro disse...

Norinha querida!

Como sempre, vc foi perspicaz com muito humor. Muito divertido....imagino o Alex na sala; bocejava tbem???
bjs.

Juci disse...

Esse teu post ta muito comédia...rs

Ane Brasil disse...

Caraca! Que situação!
É, cada dia q passa vejo o quanto meu anticoncepcional é barato...
Sorte e saúde pra todos - sobretudo pra Rachel, que, de 'grátis' ganhou um voto.

Carla disse...

Oi Doro,
Nao, dessa vez ele se segurou e nem bocejou acredita? A irritaçao era tamanha que ele nem abriu a boca.


Ingrid,
que coisa, meu pai também parecia meu avo, e muitas vezes eu ficava com vergonha, que coisa né?!?
Se D-us quiser a gente ainda se encontra pra bater um papo!!

Ah Ane,
Mas pode ter certeza absoluta que teu anticoncepcional é baratésimo!!!

E marilena,
Reuniao d epais é um pé, memso,pode ter certeza,
Bjos,