terça-feira, 4 de julho de 2006

Vao procurar emprego crianças...



Sozialer Tag

Ainda tenho muito que aprender por aqui.
As crianças irao participar nesta quarta feira, pela primeira vez, do Sozialer Tag que quer dizer que em outras palavras: Dia Solidário.
Todos os jovens em idade escolar trabalharao nesse dia em prol de uma causa social, que nesse caso é ajudar crianças de países da África, América do Sul e países da Europa do Leste.
Todas as crianças foram estimuladas à procurar emprego e a acertar um salário por ele.
Esse ano o projeto conta com a participaçao de mais ou menos 390.000 estudantes.
Tudo muito bem organizado, com contrato de trabalho assinado por ambas as partes, onde constam todos os dados de "empregador" e "empregado", número de horas de trabalho e salário, claro.
Muitos comerciantes sao simpáticos à açao, e o fazem de boa vontade.
A idéia é maravilhosa, nada de doar a grana de pai ou mae , batalhar por ela é muito mais interessante,tem muito mais valor e as crianças vibraram.
Nao sei se é coisa de mae brasileira, ou mae super-protetora ,mas à princípio achei muito as cinco horas de trabalho. Mas o Thomas e a Ju nao se imprtaram.
Ainda na linha de raciocínio de mae brasileira, deixa que nós encontramos algo pra voces.
Telefonamos pra alguns amigos, que trabalham em comércio ou escritórios onde a gente achou que pudessem empregar nossos filhos por um dia, estávamos empenhados de verdade até que o Thomas se injuriou,trocou de roupa e disse que ele mesmo ia achar um emprego.
Nao botei uma fé.
-Aonde voce vai?
-Sei lá,na farmácia,à padaria, ao médico, vou ver.
Botou lá seu contratozinho debaixo do braço,chamou a Juliana, que nao estava muito a fim de se levantar do sofá e lá se foram os dois super determinados.
Voltaram em meia hora empregadíssimos e empolgadíssimos.
Foram mais eficientes e rápidos que os nossos telefonemas.
A Juliana,vai servir sorvetes em um café. E o Thomas vai trabalhar na cozinha de uma padaria.
Algumas crianças da sala vao à hospitais e asilos.
Até o presidente da república terá dois jovens ajudantes em seu gabinete nesse dia.
O Thomas e a Juliana receberao €5 por hora de trabalho, o que nao é de todo mal, acho que eles foram bons negociantes.
Para as crianças que tiverem dificuldade de encontrar um trabalho existe um site na internet onde a busca pode ser feita por regioes, se em último caso nada disso funcionar entao a criança poderá fazer algo para os próprios pais ou parentes.
Em alguns casos o dinheiro será transferido diretamente às organizaçoes: Aktion Tagwerk, e Schüler Helfen Leben,que sao organizaçoes que estao diretamente engajadas em formaçao escolar e profissional de jovens na África,América do Sul e Países do Leste.
A escola dos meus filhos pediu para que as crianças recebam seus salários e eles memso farao a transferencia do montante.
Sem palavras para uma iniciativa desse porte. Bárbara em todos os sentidos,e que só tem a acrescentar na formaçao e caráter das crianças.

7 comentários:

Manoel disse...

Muito interessante..eu já tinha ouvido falar deste dia por aqui, ensina a eles a correrem atrás do que é deles tb e ajudar ao próximo..MUITO BOM!!! Sorte para eles no trabalho..ehehe!!!! bjs

Carina disse...

Também achei fantástica esta idéia!
Estimular as crianças a batalhar e ainda ajudar ao próximo. Uma brilhante iniciativa!
Depois conta pra gente como foi a experiência deles, Carla.

VALERIA MARTIN disse...

Gosto da iniciativa,linda idéia!
Tudo de bom!!!

Ciça disse...

Mas é o que eu digo: alemão tem bom coração, a gente só precisa achar a brasa dessa boa vontade! hehehe. Como é que é mana? Tu tinhas medo da "loira do banheiro"? Ela era muito gostosa ou muito burra???

Carla disse...

Ciça, brinca nao menina, eu tinha verdadeiro pavor da loira do banheiro, hahaha!!!
Bjos,

Ingrid Littmann disse...

Que Bacana, essa oportunidade. beijos

doro disse...

uau,adorei!!!! civilização com coração; bem diferente do que temos aqui...