sábado, 19 de setembro de 2009

Manda esse gato pra...?


Tá eu sei que as vezes eu escrevo muito sobre o aeroporto, mas vejam bem...eu passo grande parte da minha vida ali naquele lugar.
Quase todo passageiro quer ter a "certeza" de que a bagagem está na aeronave, que está tudo certo e que nao vao haver incidentes. Compreensível porquer nao tem coisa mais desagradável do que ficar sem calças e sem calcinha em algum lugar longíquo do planeta. Mas como pra tudo sempre tem uma primeira vez...
-Gostaria de saber se a minha bagagem está na aeronave, se está tudo certo...
A minha colega muito prestativa responde:
-Sim senhor, aqui no sistema consta que a sua mala está aqui e que o senhor tem também um animal correto?
-Sim, e o gato também está aí?
-Sim senhor...
-Oh nao!!! Escuta mocinha, dava pra você me fazer um favor? Nao dava pra mandar esse gato pra um outro lugar? Um lugar legal claro, algo assim como trocar a etiqueta e aí eu posso dizer pra minha esposa que o gato se perdeu entende? Fica entre nós ninguém vai ficar sabendo....
-Nooooosssa, mas que maldade!!! O senhor nao gosta do gato? Imagina se eu iria fazer uma coisa dessas, de modo algum.
-Nao é que eu nao goste do gato, aliás gata...ela é que nao gosta de mim. (mostra o braço arranhado), a gente nao se entende sabe? E a gata é da minha esposa, é difícil. Eu gostaria que ela se perdesse aí eu nao teria mais que discutir com a minha esposa por causa dela...
-Ah, mas é uma questao de tempo, de costume, o senhor vai ver, pode ser que a gata tenha ciúmes ou sabe que nao é muito bem vinda, mas eu estou certa de que com o tempo vocês dois se acertam, ha quanto tempo a gata está com vocês?!?
-Ha 10 anos!!!
-É, acho que já teria dado tempo...
-Você me entende agora? É tao difícil viver nesse triângulo. A gata nao pode me ver que já prepara o bote, eu nao posso nem chegar perto. Nem dela e nem da minha esposa quando está com ela...
-Eu até entendo, mas nao dá , o senhor sabe como é né? Eu gosto de gatos e ainda por cima isso poderia me complicar...
-Entao tá ne´? Se nao dá...eu entendo, vai ver é o destino...

6 comentários:

Marcia disse...

Se fosse aqui o coitado teria mais sorte. Dava pra doar o gato pra barraca de churrasquinho ;)

Nadja Saori disse...

Que maldadeee... amo todos os gatos do mundo.. até os que nao gostam de miiim hahaha
Divertido o texto hahaha

Flávia disse...

Ha ha ha... ADOREI a cara-de-pau do passageiro. Será que a mulher dele sabe disso?

Pelo menos ele não passa fita adesiva na boca da gata para ela parar de miar, só tenta livrar-se dela etiquetando a bagagem para o Timbuctu. Hilário.

Anunciação disse...

Coitada da gatinha...

Paula disse...

hilário, adorei!
coitdo do cara! kkkkkkkk

Renata Nogueira disse...

hahahha
Ele até que arrumou uma saída boa pra se livrar da gatinha...
Eu adoro suas histórias de aeroporto!
Beijão