quinta-feira, 30 de abril de 2009

Pontos da minha vida


Porque a gente luta uma vida inteira tentando mudar fatos e costumes sem se dar conta de que pra algumas coisas pode ser tarde demais.

Ponto um:
Eu por exemplo sou limpinha mas extremamente desorganizada. Babo de inveja de pessoas organizadas e que sempre sabem onde está tudo, em caixinhas, potinhos, cestinhas... Já falei num post anterior que o meu freezer vivia cheio de salsinha e em vez de eu arrumar um jeito daquela salsinhada sumir do eterno gelo grudado do freezer, fiquei feliz quando uma amiga minha me revelou que o freezer dela também vivia cheio de salsinha picadinha.
Aí foi na casa de um amigo que tudo mudou (aliás já prometi que vou tirar fotos da despensa dele e colocar aqui, vidrinhos, potinhos, cestinhas mil).
-Que que é isso aí nesse tupperware?
-Salsinha picada, você também compra salsinha congelada picada? Eu coloco aqui no tupperware pra nao cair, imagina como ia ficar o freezer...
-É, eu imagino.
Ô gente, eu sei pra que servem os potinhos, as cestinhas, os vidrinhos e os tupperwares, porque eu nao consigo colocar em prática?

Ponto dois:
O Alex sempre vai achar que os outros sabem fazer qualquer coisa melhor do que eu.
-Você usa um monte de prendedores de roupa, os vizinhos nao usam nenhum.
-Eu PRECISO de prendedores de roupa, pras camisas, pras meias, nao me importo se os outros nao usam, porque em vez de você achar que eu é que sou a esperta de usar prendedores de roupa, você pensa justamente o contrário?
-Porque se NINGUÉM usa, os outros é que devem saber o que estao fazendo oras!!!
Nao preciso nem dizer que Alex nao tem nenhum nau rau de como se pendura roupa né? E mudando de saco pra mala, como é que a minha vizinha organizadíssima (aquela que etiqueta o varal lembram?) tem três filhos e consegue organizar toda a roupa dela em: Máquinas, só de cuecas, só de meias, só de pijamas, só de moletons....às vezes tem só cuecas, as vezes só meias no varal, incrível...

Ponto três:
A nossa médica de família gosta muito mais de mim do que do Alex, mas ele nao se conforma.
-Essa nossa médica nao presta pra nada, o que foi que ela te receitou?
-Me receitou antibiótico e comprimidos pra dor.
-Nao pode ser.
-Como assim nao pode ser Alex? Olha como eu tô!!!
-Mas eu estava MUITO pior do que você, e ele me receitou pastilha de sálvia.
-Ahahaha, ela nao gosta de você, é isso!!!

7 comentários:

Jaboticaba Preta disse...

Médica esperta! Em geral os homens ficam 'maus' por qualquer dorzinha. Já imaginou se tivessem as nossas cólicas mensais? :D

Beijocas

Blue Ocean disse...

Ai, eu sou mega desorganizada também. Morro de vergonha disso. Minhas roupas, por exemplo, têm que estar em cabides, porque se elas ficarem dobradas no ármario, em uma semana o caos reina por ali. Porém, como não há espaço de sobra para cabides, algumas roupas tem que ficar dobradas... de vez em nunca eu tenho que ir lá dar uma geral.

Anunciação disse...

Rapaz,ateh que eu tento,mas não dá.Ridiculo roupa estendida sem pregador;ai não sei mas aqui iria tudo ao chão na primeira brisa.beijos

Paula disse...

é que homem já tá morrendo quando espirra! kkkkk
Mas aber os seus comentários, pra mim poder comentar no trabalho também, vai!

Ciça Donner disse...

Uma maquina só de cuecas??? Mas... quantas cuecas esse povo tem? Ou eles ligam a maquina com pouca roupa dentro??? ECAAAAAA

Mamãe disse...

Carla, concordo com a Ciça... lavar só cuecas ou meias de cada vez? E a economia de tudo: produtos, água, energia, tempo e espaço? kkkkkk
Agora, falando sério. Eu não sou a rainha da organização, mas tento ser. Não neurótica, claro, mas ter tudo organizadinho deve ser muito mais fácil mesmo... minha prima que mora na Alemanha tem um armário lotado de tuppaware com temperos e afins, a geladeira é tipo de fotos de revista... tudo organizadinho... mimata! Eu não consigo ser assim, apesar de ser meu sonho... Somos normais... ou não...Beijos. Fabiana

Sergio e Marilena disse...

Eu bem que tento ser organizada e até conseguiria se as crianças e o marido não bagunçassem tudo. O Sergio acha que as bagunças são pra serem colocadas em caixinhas, potinhos, tupperware e então vai colocando qualquer coisa em qualquer lugar. Pra ele brinquedo espalhado não é bagunça e não fica nem um pouco incomodado quando as crianças espalham TODOS os brinquedos pela casa inteira. Todo dia, quando chego da aula de inglês fico um tempão com as crianças juntando tudo que eles espalharam nas duas horas que fiquei fora, rs.
Ainda tenho esperança de ensinar as crianças a usarem os potinhos e caixinhas, porque o Sergio já nao aprende mais.

Mari