sexta-feira, 20 de março de 2009

Qual é o castigo que merece a mae que quebra o porta retrato que o filho de 15 anos ganhou de presente da namorada no dia dos namorados?

Qual é o castigo que merece a mulher que compra uma bolsa mostarda que nao tem certeza de que gosta e que também nao estava precisando, mas estava em promoçao?

4 comentários:

Aglais Trennepohl disse...

Ui!... O porta-retratos é melhor comprar outro igualzinho, sentar e contar o que aconteceu com o original. Claro, ele pode entender. Ou não. Mas é melhor do que não ver um no lugar (adolescentes são imprevisíveis, não?).
Já a bolsa podes fazer como eu: pendure num lugar beeeeeemmm visível para se lembrar dela toda vez que inventar de comprar algo duvidoso. Meu marido adora e odeia isso, mas sempre cai na gargalhada. E mostarda não é uma cor que se esquece fácil... heheh
A gente inventa cada "necessidade" pra comprar né? Sei bem como é isso...

Ana disse...

Ah, castigo nenhum. Pode crer que não foi de propósito, pode crer que ele tb já deve ter dado mto prejuízo. Chumbo trocado não dói...ahuahuahuahua!

A bolsa? DEVOLVE! Ou faz bazar e revende, aí se usa fazer isso?

Beijos

Ciça Donner disse...

Merece o castigo de passar a bolsa adiante pela metade do preco para mim!!!

mineirinhanalemanha disse...

Mae: nenhum! Tem mae perfeita no mundo?!? Sobre a bolsa: pensar da próxima: "preciso disso?", caso afirmativo "preciso mesmo?", caso afirmativo "preciso mesmo, mesmo?".
:-) Beijos, Sandra