segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Já tô de volta



Pois é,já fui já voltei.Nao tive tempo de escrever mais porque entrei num frenesi maluco de ver todos e fazer tudo,porque o tempo era curto.Ficou mais curto ainda quando me levantei na quarta feira e o Alex me liga dizendo que eu tinha que voltar HOJE,senao nao voltava mais.Como ele é funcionário as nossas passagens aéreas sao do tipo:-Você voa se tiver lugar pra você, e depois de quarta feira nao tinha.

Como eu ainda sou empregada e assalariada,preferi nao tentar a sorte arrumei as malas,meio no susto e voltei.


Voltar pra casa também é bom ainda que seja nesse continente gelado.


Eu adoraria construir um país perfeito com o que tem de melhor aqui e lá. Saí correndo pra fazer supermercado,sei lá eu quantos quilos eu trouxe de bobagens,só de guaraná foram quase 20.


É uma maravilha essa coisa de férias,porque você sai com a impressao que a família toda te ama,todo mundo te mima,e é só festa e comilança.


Sao Paulo foi uma surpresa agradável,a cidade está bem melhor,mais organizada e menos feia.Muuuuuito longe do ideal,mas se antes era caótico hoje só está uma grande bagunça.



O calor, ai que delícia!!! Todo europeu merecia uma fugidinha dessas no meio do inverno,só pra se deitar na beira de uma piscina,dormir de ventilador ligado curtir o céu azul e assim acumular forças pra continuar durante o inverno.Nao pensem que eu sou de verao nao. Temperaturas muito altas por muito tempo,me deixam tremendamente irritada.

Morar em Sao Paulo de novo?Acho bem pouco provável.Acho que nao me acostumaria mais.Fiquei impressioanda com o número de funcionários no Mac Donald´s. Me desacostumei dos manobristas,me acostumei rapidinho com a Nilda (é a moça que trabalha na casa da minha sogra), e queria muito poder trazer ela comigo,ainda que na minha cabeça eu nao consiga mais entender o que faz uma empregada TODOS OS DIAS em uma casa onde moram dua sou três pessoas.

O Brasil é extremamente caro.Nao sei como fazem as pessoas que vivem lá e ganham salário em REAL,porque os preços sao surreais.

O Brasil tem cheiro de limpeza.E eu esqueci de trazer Pinho Sol.

Lá eu tenho pequenos luxos,como dormir com um lençol entre o edredon.

Lá tem porteiro. A Gaby nao se lembrava dos porteiros.

-Oi seu fulano eu sou a Carla.

-Olha Dona Carla, interfonei lá pra cima e o Sr.Milton disse que nao conhece ninguém com esse nome nao.

-Será que o Sr.poderia fazer a gentileza de interfonar de novo e dizer que é a nora dele que está aqui?

-Ele disse que nao sabe quem é nao,ele tá descendo.

Detalhe: eu sou a ÚNICA nora.

-Mae, o porteiro pensa que nós somos ladronas? O vovô se esqueceu da gente?

11 comentários:

Anônimo disse...

Vamos fazer de conta que foi um lapso do seu sogro, ou seria uma pegadinha do Faustão?

Marcia disse...

Você achou a cidade mais tranquila por conta das férias. Eu também tenho sentido isso quando vou pra capitar :)

Paula disse...

que sonho maravilhoso hein?
COnstruir um país com o melhor dos dois países... fica agora a dúvida oque você escolheria?
Espero que vc tenha se divertido muito mesmo que nessas férias vapt-vupt em Sp, cidade que eu também não pretendo chamar novamente
de "minha" casa.
Bjs

Carla Zague =) disse...

Olá, estou iniciando no mundo blogueiro, então, comentando nos melhores blogs que visito, e tentando fazer novas amizades, poxa, morar na Alemanha deve ser muito bom, e voltar pra casa mesmo que seja por uns dias deve ser ainda melhor...


Take care.

Sandra disse...

Que bom que voltou, agora com as baterias recarregadas!Tenho as mesmíssimas sensacoes que vc, tanto estando lá quando voltando. Só me faltam as passagem de graca (?) pra ficar tudo igual... Só de pensar em levar a família toda pro Brasil de$animo...
Beijo de feliz ano novo,
Sandra

biagil disse...

Carla, menina! Que mesa é esta??? Quer me matar do coracao? Aquilo no prato tá parecendo banana da terra frita... que eu a-mo, mas acho que nao é. Em SP nao deve ter banana da terra, né?
Que bom tê-la de volta! Pena que vc tenha de voltar às pressas. Sorte ter feito "as comprinhas" logo nos primeiros dias, senao...

Scliar disse...

Ai, ai, engordei 5 quilos só de olhar a mesa. MAs finalmente você matou minha curiosidade a respeito do sogro! kkkk Perdoa ele, que este teu perdão te garante uma vaguinha no céu. Eu também tenho umas histórias tragicomicas com sogra... Mas o blog é teu, né? num dá para ficar contando aqui! E são paulo.. minha filha falou o mesmo quando andou na city: a lei limpa funcionou MESMO! Fiquemos no mundo virtual, que tem tudo de bom dos dois mundos. Bzs,bom retonro ao frio.

Carla disse...

Ethel minha querida,fique à vontade que a casa tb é sua,

Bjocas,


Núbia querida,nessa mesa tinha carne de sol,abóbora,arroz,feijao,mandioca frita,lagarto recheado,e mais algum tipo de carne que eu já nao me lembro pq nao tinha mais lugar no estômago,

Bjos,

Carla disse...

Ah gente,nao seria memso td de bom,fazer uma "Carlolândia" com td de bom dos dois países?

Ingrid Helena disse...

Oi Carla, eu também estive no Brasil em dezembro. Tive as mesmas duas impressões que você teve:

*tudo muito caro!
*São Paulo (estive de passada), bem mais limpa!

Eu esqueci de trazer bombril na mala. A que vendem aqui na Holanda é aquela que tem sabão junto. Da pro gasto, mas não é como a tradicional.

Beijocas :)

Sergio e Marilena disse...

Ficar longe das pessoas tem esta grande vantagem: a gente esquece os defeitos delas e elas se esquecem dos nossos e o reencontro é uma festa.
São Paulo em meio a todos os seus problemas está mesmo muito mais limpa e até bonita, se tiver boa vontade.
Mesmo morando no Brasil eu tambem nao entendo o que uma emprega tem pra fazer todo dia em uma casa. A minha vem 4 vezes por semana e fica caçando o que fazer porque fica sem graça de chegar as 9 da manha e sair ao meio dia.
Quanto ao seu sogro: não deixa de ser engraçado. vc não tem um apelido carinhoso que não seja carla?

Marilena