quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Minha vida severina

Agora eu estou maligna.Vou ficar assim uns dias ainda até a minha raiva passar.
Pra quem nao sabe (e por aqui muito pouca gente sabe),meu pai me mandou pra Israel aos 16 anos.Na verdade acho que era pra ver se alguém conseguia me aturar por lá,porque ele mesmo já nao tinha mais muita paciência,acho eu.

Essa sempre foi uma estratégia muito utilizada por algumas famílias judias,pelo menos algumas que eu conheci.Existiam vários motivos para as más menininhas de boas famílias judias irem parar do outro lado do mundo.

-Se vc nao parar de namorar fulano,vc vai ver só,te mando pra Israel.....Se nao se endireitar,se nao parar de fumar,se repetir de ano,blábláblá....

Ser mandado pra Israel significava,ficar por sua própria conta,lavar a sua roupa,ter dinheiro contado,catar laranjas e dar adeus ao hotel papai e mamae.

Pois como eu repeti de ano,nao deixei de namorar o fulano que o meu pai nao aprovava,aos 16 anos fui enviada de Sao Paulo ao Oriente Médio.Com passagem só de ida.

Foram 3 longos anos e eu voltei de lá,com o Alex à tiracolo. (viram como eu me recuperei?)

Ontem estava conversando com uma amiga no MSN,esta também muito boazinha e que estudou comigo em Israel, e nós estávamos comentando sobre um rapazinho muito do bonitinho que nós disputamos na época. Fiquei bem felizinha de falar com ela depois de muitos invernos , e damas comportadas que somos apesar da disputa por causa do mocinho que era o gato da turma na época,nós nunca ficamos de mal por causa disso.
-Carla,eu procurei pelo fulano no Orkut,lembra dele?
-Hahahhaa se lembro...Eu também procurei.Ele ficou feio muito feio,nao é?
-Hahahaha ficou mesmo,onde foi parar os cachinhos dele?
-Cachinhos? Ele nao tem mais cabelo....
Bom eu nunca fui nenhuma Gisele Bündchen,talvez por esse motivo mesmo nunca tenha sido noivinha em Festa Junina (trauma infantil homérico), mas justamente por isso se alguém me procurar no Orkut,vai ver que eu continuo como sempre (esqueça se aí os quilos adquiridos), mas de gatinho a careca?!?
Ou vai ver que eram os nossos olhos na época? Quem sabe ele nem nunca foi gatinho.
Se eu ameaço manadar os meus filhos pra Israel qdo me enlouqucem? Às vezes. Mas nao tem o mesmo efeito Israel é tao perto daqui, nao tem graça.

7 comentários:

Lila disse...

Carla, ameaçe-os de mandá-los para o Brasil...rs...
beijos

Anunciação disse...

As que não eram judias,eram ameaçadas com internato.

Marcia disse...

Carla então eu imagino que o Alex também devia ser um santo pra estar em Israel? :)

Flávia disse...

Carla,

E você ficou num "kibutz" ? Olha eu esnobando meu vocabulário !

Certeza absoluta de que eram os seus olhos e de que o cara já devia, naquela época, ser o cão comendo mariola.

Eu confesso que achava os Menudos bonitos. Hoje em dia, vendo as fotos, acho que eram os caras mais medonhos do planeta ! Aqueles cabelos de cantor de churrascaria...

Sarou da gripe ?

Beijinho.

Yvonne disse...

Ia escrever um comentário mas a Lila se antecipou. Ameace retorná-los para o Brasil que você vai ver como eles vão ficar lindinhos, rsrsrs. Beijocas

Paula disse...

mas vá logo dizendo que não é pra ficar na casa de parente e sim trabalhar na roça em um projeto social...

adoro os seus posts, são hilérios pois me identifico com muita coisa... só essa de ameaça é que não rolava comigo. Eu sempre dizia que eu seria expulsa da escolas só para meninas mais rápido doque levaram pra me colocar lá dentro... rsrsrs

Bjs

clabrazil disse...

Que legal teu blog, conterrânea vizinha! Gostei do que vi e volto. Dá uma olhada no meu também!

Beijos,
Clarisse