sexta-feira, 16 de fevereiro de 2007

Dona de casa? Eu?


Quase parando.
Quando alguém me dizia, que deixava de fazer alguma coisa porque nao tinha tempo,eu nao entendia muito bem...Como assim nao tem tempo? Ora vai lá e faz. Pára e senta. Deixa o que tá fazendo e telefona pra amiga oras. No fundo sempre achei que era mais uma desculpinha pra enrolar sabe? Mas agora que EU nao tenho tempo, já nao vejo mais assim. Sofro de auto-piedade o tempo todo.
-Coitada de mim eu levanto tao cedo. Trabalho 6 dias por semana.
E até a casa e os filhos que era mais estressante pra quem estava de fora, do que pra mim mesma, agora me parece tarefa interminável, e eu já me vejo repetindo o que antes os outros diziam pra mim:
-Nooooooossa vc trabalha fora, tem quatro filhos, cuida da casa, escreve blog e joga The SIMS?
Eu tirava tudo isso de letra (lógico que sempre tinha lá uma montanha de roupa pra passar), mas agora de repente nao dou mais conta.
Pensei em parar de trabalhar e ficar só com a casa por um tempo, mas mudei de idéia rapidinho pensando que com o tempo eu me frustaria e depois nao conseguiria mais voltar ao mercado de trabalho se ficasse muito tempo afastada. Veremos ainda estou tentando encontrar uma fórmula mágica,quem sabe.
E depois como é que eu viveria sem o meu trabalho? Às vezes trabalhar fora é a única "distraçao" do dia.
Tem as amigas e acaba fugindo da rotina lavar passar cozinhar e dever de casa.
E depois eu nunca mais teria desculpas se tivesse uma montanha de roupas pra passar, eu ia dizer o que?
-Ainda nao tive tempo de passar porque os meus The Sims precisavam de mim?

Ai nao!!!! Quero deixar a minha montanha de roupas lá e ficar sem dor na consciencia, assim eu sempre vou ter a desculpa de que eu trabalho fora né? Tadinha de mim !!!

E nao adianta dizer que eu nao tem aí nem pra aquilo que OS OUTROS dizem porque também nao é verdade, ainda se OS OUTROS dissessem na nossa frente ajudaria bastante,mas também nao é assim.

-Olha lá aquela,fica o dia inteiro dentro de casa, e a filha ainda vai mal na escola.

-Ce viu? E as camisas do marido assim tao amareladas? Que horror!!! Ainda se ela trabalhasse fora.

Ah nao!!! Nao quero ter responsabilidade sobre as camisas amarelas do marido (que aliás aqui nao amarelam ficam cinzas).

E ainda tem que admistrar o seu mal-humor, o mal humor do restante da família,a sua depressao, a depressao dos outros integrantes da família...é muita coisa, acho que preciso mesmo trabalhar fora pra poder me "descocentrar" um pouco dos acontecimentos do "lar",ainda que nao me sobre tempo pra mais nada.

(Prometi que manteria as minhas pernas depildas o ano todo,ainda que no inverno,Amém!!!).

Nao minha gente,trabalho doméstico nao é valorizado,na verdade deveria ser pago e até regularizado, com direito à férias e décimo terceiro.

2 comentários:

Marcia disse...

Carla o jeito é relaxar! Chuta o balde de roupa amassada e volta para os seus The Sims para jogar. E claro, bloggar :)

Beijos

Babs disse...

É verdade, o melhor é chutar o balde. Sofri muitos anos por não conseguir atingir meus próprios padrões de exigência, achava que todo mundo ia reparar. Depois percebi algumas coisas:

_A pessoa mais crítica com minhas tarefas sou eu. Os outros mal reparam no que fiz ou deixei de fazer.
_Exatamente por ser tão crítica acabo exigindo de mim um padrão alto e desnecessário. É melhor ser feliz e de vez em quando deixar juntar um pozinho.
_O que os outros falam ou deixam de falar é problema deles. Se deixei de passar roupa hoje para poder assistir um filme ou sei lá o que o problema é meu e ponto.


No mais... Gostei do seu blog

Abraço!